terça-feira, 14 de setembro de 2010

O meu melhor Amigo

Hoje estou feliz, porque feliz estou
e porque não, Festou ou Liztou ?

Estou feliz. Somente feliz.

Não é todos os dias que descobrimos o nosso melhor amigo.
Mas convivemos com ele diariamente.
Muitas vezes este amigo é também a nossa sombra, para o bem e para o Mal. Esta presença é muito forte em todos os momentos.


Porque que é que só hoje se revelou com intensidade esta Amizade ?

A maioria das vezes lutamos contra ele, até lhe chama-mos inimigo, controlador, oportunista, maquiavélico.

Não. Hoje foi diferente. Hoje senti os dois e sem me aperceber juntei-os na minha cabeça. Eles fizeram as pazes, as vozes que oiço agora cantam juntas
sem Dualidade.

Agora está tudo mais ao centro, uma só voz
                                             uma consciencia

A felicidade assim emerge pela simplicidade da vida,
Por simplesmente olharmos para o belo
Olhar uma flor...Cheirar....Interiorizar o Aroma

Recordar, a Liberdade de ser feliz

Afinal esta meta sempre esteve "em mim".

É verdade, nada está fora.
Mas foi a musica que está a tocar agora "best friend" que mo recordou.

Desejo que os vossos olhos brilhem de felicidade tal qual uma criança
@respeite os créditos

2 comentários:

Milheiro disse...

Se não nos tratarmos bem, gostarmos de nós, as coisas acabam-se por desmoronar á nossa volta..e acabamos por izer que a culpa é do outro e por sua vez acabamos por ter da vida uma imagem mais "negra" do que aquilo que queremos...Daí advém andar ás escuras no labirinto e acabamos por nos perder...Gostei da expressão" fazer as pazes"....

Jorge Maia disse...

Um beijo e agradeço a energia...